TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Polícia Civil Incinera 100 Quilos de Entorpecentes Apreendidos

Data do post: 22/05/2019 14:28:32 - Visualizações: (285)

Cerca de 100 quilos de material entorpecente foi apreendido na Capital nos primeiros meses do ano.

Secretaria de Segurança Pública-TOA Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos – DENARC, incinerou na manhã desta quarta-feira, 22, cerca de 100 quilos de entorpecentes resultantes de apreensões realizadas na Capital nos primeiros meses de 2019. Foram incinerados, aproximadamente, 80 quilos de maconha, 4,6 quilos de crack, 8,15 quilos de cocaína, 100 comprimidos de ecstasy e 18 unidades de substância análoga ao LSD.

Participaram também da atividade representantes do Ministério Público e da Vigilância Sanitária Estadual. De acordo com a promotora Maria Natal de Carvalho Vanderley, o Ministério Público tem a função de promover a ação penal, após a Polícia Civil realizar as prisões, apreender material entorpecente e encaminhar o inquérito final ao Ministério Público. “Está na Lei 11.343, conhecida como Lei de Drogas, a presença do Ministério Público no Secretaria de Segurança Pública-TOprocedimento de incineração, visando a legitimar a ação pela fiscalização de todo o processo de destinação final deste material apreendido”, afirmou.

Para o titular da DENARC, o delegado Emerson Francisco de Moura, a equipe policial realiza cerca de oito incinerações ao ano, perfazendo uma média de 400 quilos de material entorpecente no período, fruto de diversas operações realizadas. “Nós fazemos em média cerca de 150 prisões por ano apenas combatendo o tráfico de drogas no Estado”, afirmou.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.