TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Prefeitura de Porto Franco (MA), Realiza Reunião com Barraqueiros que Trabalharão no Carnaval 2019

Data do post: 20/02/2019 14:49:45 - Visualizações: (593)

O prefeito Dr. Nelson Horácio, juntamente com toda a equipe de servidores que estão envolvidos na organização do Carnaval 2019 no município de Porto Franco, iniciaram a semana com uma reunião com todos os comerciantes "Barraqueiros" que darão suporte com vendas de bebidas e alimentos aos foliões durante as 04 noites de carnaval.

Foto: Maurício Sousa /Ascom Porto FrancoComo de costume, a semana do prefeito Dr. Nelson Horácio iniciou com o atendimento feito em sua residência que teve início às 06 horas da manhã desta segunda feira (18).

Munícipes tanto da zona urbana como da zona rural foram atendidos com toda dedicação que o prefeito vem realizando há vários anos. O que muitos imaginaram que o gestor deixaria de fazer, se tornou algo ainda maior pois os atendimentos se tornaram uma espécie de peregrinação por parte do povo mais necessitado que não abrem mão de serem atendidos pelo "Dr. Nelson".

Foto: Maurício Sousa /Ascom Porto FrancoReunião Sobre o Carnaval

Na terça feira (19), o prefeito realizou uma reunião que aconteceu no auditório da secretaria da agricultura com os barraqueiros que irão trabalhar no carnaval deste ano. Participaram da reunião ao lado do prefeito a Secretária de Ação Social e Direitos Humanos Loanmy Barbosa e também a Secretária de Comunicação Rossana Cavalcante no qual juntos, apresentaram aos participantes da reunião a padronização das barracas que serão no estilo conhecido como "Chapéu de Bruxa", o que agradou aos comerciantes.

Foto: Maurício Sousa /Ascom Porto FrancoUmas das maiores polêmicas criada pela turma do contra nas redes sociais para tentar minimizar a programação, que é a taxa cobrada para cada comerciante que desejam vender no evento,  foi desmentida literalmente quando Dr. Nelson anunciou que o valor seria o mesmo do ano anterior.

Na ocasião o prefeito aproveitou para explicar que nesse ano de 2019 o carnaval está sendo organizado inteiramente com recursos públicos oriundos da própria prefeitura de Porto Franco, onde infelizmente não foi conseguido patrocínios de empresas privadas como as cervejarias, nem tão pouco do Governo do Estado. "Vamos fazer o evento dentro da possibilidade financeira do município, sem comprometer a gestão orçamentária. O nosso objetivo é estimular e fomentar a economia local através do que será comercializado nas barracas. Será um carnaval onde os portofranquinos e visitantes brincarão com alegria e segurança garantida pela prefeitura. Juntos com responsabilidade vamos fazer um carnaval do povo para o povo, com muita alegria e segurança em Porto Franco". Frisou Dr. Nelson.

Foto: Maurício Sousa /Ascom Porto FrancoO lado bom da não parceria com as distribuidoras de cervejas é que os barraqueiros estarão livres para comercializarem as bebidas que quiserem, ou seja, de todos as marcas, o que silenciará outras críticas que aconteciam quando tinha o patrocínio de uma só cervejaria.

A segurança do evento terá a prioridade máxima por parte da secretaria de segurança institucional através do secretário Epaminondas Neto que já repassou ao prefeito toda a estrutura que foi arquitetada para deixar o evento mais seguro do que nos anos anteriores. Segundo o secretário, as ruas serão fechadas no dia do desfile dos blocos para impedir o tráfego de veículos e uma empresa especializada fará a proteção, instrução e organização destes bloqueios. Vale destacar que estes seguranças terceirizados também realizarão o mesmo trabalho no corredor da folia.  

Foto: Maurício Sousa /Ascom Porto Franco

Fonte: Redação do Tocnoticias com Informações da Secom Prefeitura de Porto Franco

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.