TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Conselho de Medicina Relata ao MPE Problemas Decorrentes da Exoneração de Médicos da Rede Pública

Data do post: 09/01/2019 13:52:49 - Visualizações: (314)

O Procurador-Geral de Justiça, José Omar de Almeida Júnior, recebeu em seu gabinete, nesta quarta-feira, 9, representantes do Conselho Regional de Medicina (CRM), que solicitaram a audiência com o objetivo de relatar prejuízos à saúde pública decorrentes da recente exoneração de médicos que integravam o quadro da Secretaria Estadual da Saúde (Sesau).

Ministério Público EstadualSegundo o CRM, as exonerações ocorreram sem o devido planejamento, resultando no agravamento de problemas que já existiam, em especial a insuficiência de profissionais para a cobertura integral das escalas de plantões médicos e a não designação de um diretor técnico para cada unidade hospitalar, que é exigida por decreto federal.

Os integrantes do CRM informaram que ainda estão juntando informações, mas que existe o indicativo de que a maior parte das recontratações já realizadas prevê jornadas de trabalho inferiores para os médicos, o que aponta para a persistência da falta profissionais nas unidades da rede pública.

“Não estamos aqui por uma questão corporativa, mas para fazer uma defesa dos serviços de saúde prestados à sociedade”, justificou o presidente do CRM, Jorge Guardiola. Antes de ir ao MPE, eles se dirigiram ao Ministério Público Federal (MPF), para relatar a situação. No período da tarde, visitariam as secretarias estaduais de Saúde e de Segurança Pública.

O chefe do MPE ouviu o relato e avaliou: “Vamos torcer para que haja um entendimento o mais rápido possível, já que a saúde pública é uma área tão sensível e requer providências urgentes e de bom senso”. O Ministério Público acompanhará os desdobramentos dessa questão, segundo informou José Omar.

Fonte: Ministério Público Estadual

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.