Direito e Meio Ambiente: Esmat Sedia Seminário Internacional

Data do post: 06/06/2018 13:14:38 - Visualizações: (204)    Imprimir

Durante a abertura oficial dos trabalhos, o diretor geral da Esmat, desembargador Marco Villas Boas, ressaltou que o projeto tem produzido bons resultados no debate acadêmico sobre as questões ambientais, assim como o aprimoramento científico do Direito.

Tribunal de Justiça-TO"O seminário já transcende as fronteiras do Brasil e são ações como esta que podem ajudar significativamente a mudar a sociedade, esse quadro em que nos encontramos; precisamos discutir as melhores formas de se resolver os problemas atuais ou ao menos minimizá-los, para que o Direito siga dando a estabilidade social que precisa para continuarmos progredindo em todas as direções", afirmou.

Para o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, desembargador Eurípedes Lamounier, que prestigiou a abertura do evento, os debates fomentados pelo seminário tem papel transformador na sociedade. "A Escola Superior da Magistratura vem desempenhando um excelente trabalho na busca pelo conhecimento e aprimoramento da prestação jurisdicional. Esse evento é prova disso, uma vez que levanta importantes questionamentos para a melhoria da qualidade de vida de toda a população, principalmente neste mês de junho, quando é lembrado o Dia Mundial do Meio Ambiente", disse.

Cada edição do seminário é realizada em duas localidades diferentes. Além de Palmas, que recebe a primeira etapa dos debates, a fase seguinte do encontro será realizada em Quito/Equador, entre os dias 11 e 12 de junho.

Homenagens

Ainda durante a abertura do encontro, a Esmat entregou a medalha "Desembargador Antonio Rulli Junior", comemorativa aos 15 anos da Escola, à jurista Angela Issa Haonat, à coordenadora geral do seminário internacional Bleine Queiroz Caúla, e à coordenadora acadêmica do Seminário Internacional, Susana Borrás Pentinat.

A homenagem é pela contribuição e incentivo à construção do conhecimento e boas práticas, assim como pela ações de disseminação do conhecimento e aprimoramento da prestação jurisdicional, em atendimento ao princípio da eficiência.

Programação

Abrindo a programação de debates, foi realizado um painel ambiental para debate de três  temas: "A Efectividade do Regime de Reparação do dano Ecológico Panorama Europeu e Português", abordado pela  professora auxiliar da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Carla Amado Gomes ; "Povos Indígenas e Democracia: novas perspectivas de diálogo e inclusão sociopolítica", abordado pelo juiz Wellington Magalhães; e "Los Retos Transformadores de La Jurisprudencia de La Tierra", abordado pela palestrante Susana Borrás Pentinat, professora de Direito Internacional Público e Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Jurídicas da Universitat Rovira i Virgili, na Espanha.

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Nêgo D´água Afundando: Prefeito de Angico (TO) Pode Perder o Cargo Por Improbidade Administrativa

Foto da notícia

Data: 14/10/2018 01:54:29 - Visualizações: 2718

Notícias Relacionadas

17/10/2018
Polícia Civil Tira Mais Três Traficantes de Circulação

16/10/2018
Polícia Militar Prende Casal Por Posse Ilegal de Arma de Fogo

16/10/2018
Autor de Furto Qualificado é Indiciado Pela Polícia Civil

16/10/2018
Polícia Militar Prende Homem Por Roubo

16/10/2018
Corpo de Bombeiros Alerta Para Incidência de Tempestade com Raios em Todo o Tocantins

16/10/2018
Reunião do Fumpol é Realizada Pela Secretaria da Segurança Pública em Palmas

Todas as Notícias