TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Anuário Brasileiro Da Segurança Pública De 2020 Mostra Criminalidade Em Queda No Tocantins

Data do post: 20/10/2020 16:47:25 - Visualizações: (696) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TODocumento é um retrato da segurança pública no País e foi publicado nesta segunda-feira, 19.

Publicado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) nesta segunda-feira, 19, o Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2020 apresenta a partir de informações dos órgãos estaduais de segurança pública um retrato das questões afetas à segurança pública no País. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-TO) reafirma a importância do levantamento do Fórum e avalia os indicadores do Tocantins como relevantes, pois na maioria deles o Estado apresentou redução. Conforme o titular da SSP-TO, secretário Cristiano Barbosa Sampaio, os decréscimos observados estão diretamente relacionados à implementação do Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (PESSE). Lançado em 2019, o PESSE foi elaborado de forma integrada e conta com ações que serão executadas no período de 10 anos.

O secretário Cristiano Sampaio reforça que há indicadores que não são satisfatórios, mas que o Governo do Tocantins está empenhado em transformá-los.  Por isso, desde 2019, a Segurança Pública do Estado tem recebido investimentos (equipamentos, capacitação, melhores condições de trabalho) para realizar o enfrentamento da criminalidade e proporcionar à população maior sensação de segurança.

Dos indicadores em decréscimo no Anuário, a Segurança Pública do Tocantins destaca a redução de 30% nos crimes de Latrocínio (roubo seguido de morte); redução próxima a zero por cento na morte de policiais

Nos crimes praticados contra mulheres, houve redução de 22,7% dos casos de Feminicídio; redução de 2,2% nos casos de Lesão Corporal contra Mulheres. As ameaças também tiveram queda de 19,1% e os estupros de 6,5%. Também houve queda de 10% do número de ligações no 190 para comunicar Violência Doméstica. O Anuário registrou ainda redução de 13,4% de Estupro de Vulnerável.

Nas Mortes Violentas Letais, o Estado apresentou redução de 7%. Houve redução de 12,3% dos casos de Homicídios Dolosos. E somos o sexto Estado com a menor proporção (4,2%) entre mortes por intervenção e mortes violentas intencionais. Isso significa que nossas forças de segurança estão entre as que menos matam.

Veículos

O Tocantins também conseguiu reduzir o percentual de roubo e furtos de veículos em 12,7%. Também houve queda de 12,6% nos casos de roubos a residências, a instituições financeiras, a transeuntes e roubos de cargas. No consolidado de roubo a instituição financeira, a redução foi de 74,9%.

A posse e uso de drogas também obteve redução de 14,4%. O mesmo ocorreu com pessoas de desaparecidas, cuja redução foi de 15,2%.

Palmas

Na Capital Palmas, os dados também demonstram queda na criminalidade. Houve redução de 9,9% dos casos de Homicídios Dolosos; redução de 15,1% dos casos de estupro, o que colocou Palmas como a terceira capital com menor índice de estupros do País. E queda também nos casos de Roubos e Furtos de Veículos, com redução de 9,4%

Desafios e ajustes

O Anuário também trouxe indicadores que demonstram os desafios que a Segurança Pública do Tocantins ainda deve superar. Entre eles, está a taxa de Mortes Violentas Intencionais de Crianças e Adolescentes. Nossa variação foi de 3 a 4,6 por 100 mil habitantes.

Outro dado é a mortalidade policial. O Anuário demonstra aumento de 609,9%. A Segurança Pública ressalta, contudo, que o Tocantins registrou apenas uma morte em 2018. Por isso, acredita que colocar um percentual de aumento desse tamanho para um cenário tão insignificante não contribui em nada com o debate público. Situação semelhante ocorre com os dados sobre Suicídio de Policiais, cujo aumento foi de 102,8%. Este percentual não reflete os números absolutos, uma vez que o Tocantins registrou aumento de uma para duas mortes dessa natureza.

Outro indicador que necessita de ajuste é a Letalidade Policial. O Anuário mostra aumento de 40%. Nestes caso, o Tocantins está na média e abaixo de outros Estados, onde houve aumento de mais de 80%. Ressaltamos também que, no caso do Tocantins, não é correto falar em aumento percentual, visto que o Estado registrou sete ocorrências, valor estatisticamente inválido para análises comparativas.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.