TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Operação Da Polícia Civil Em Araguaina Resulta Em Prisões, Resgate De Um Cachorro e Na Apreensão De Objetos e Dinheiro

Data do post: 19/10/2020 23:55:24 - Visualizações: (365) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TODurante a ação, a Polícia Civil ainda localizou um ponto de desmanche de motos e estourou uma boca de fumo.

Com o objetivo de recuperar diversos objetos roubados em pelo menos três residências no dia 8 deste mês em Araguaína, a Polícia Civil do Tocantins deflagrou na manhã deste sábado, 17, a Operação Hermanos.  A operação é uma ação da Divisão de Repressão a Roubos (DRR), com apoio operacional da 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DHPP), da 3ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (3ª DEIC) e da 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (2ª DENARC).

A investigação da Polícia Civil apurou que um trio de irmãos, vindos do estado de Goiás, teria praticado esses graves roubos com emprego de arma de fogo e utilização de extrema violência física.

Segundo o delegado-chefe da DRR e responsável pela ação, Felipe Crivelaro, as vítimas dos criminosos, dentre elas crianças e idosos, sofreram intensa violência física no ato do crime. “Eles eram mantidos reféns de joelhos durante horas enquanto os assaltantes levavam tudo que podiam das casas, incluindo geladeiras, fogões, fornos, televisões, mesas, cadeiras, panelas, louças, celulares, e até um cachorro da raça Shitzu”.

Localização da droga

Os policiais fizeram também um levantamento in loco numa zona rural da cidade e descobriram que o local era utilizado como esconderijo dos autores. No local, foram encontrados os objetos roubados das casas; armas de fogo; um cachorro roubado; motocicletas desmontadas; muitas ferramentas, e quantidade significativa de drogas que seriam usadas para o tráfico. No total, os objetos somam uma quantia de aproximadamente R$ 25 mil reais.

A ação resultou na prisão de duas mulheres foram presas neste sábado, 17. Conforme apurado nas investigações, elas são responsáveis pela ocultação dos pertences roubados. Já os três irmãos suspeitos de terem praticado os crimes seguem foragidos.

 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.