TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Polícia Civil Investiga Em Araguaína Suposto Recebimento De Salário De Servidora Do Legislativo Sem a Devida Contraprestação Do Trabalho

Data do post: 16/09/2020 20:41:35 - Visualizações: (302) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOMandado de busca para colheita de provas foi cumprido nesta terça-feira, 15, pela 3ª DEIC  de Araguaína.

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 3ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (3ª DEIC) de Araguaína, cumpriu nesta terça-feira, 15, mandado de busca e apreensão referente à representação ao Poder Judiciário, que autorizou a medida para colheita de provas em investigação que apura o suposto recebimento de salário por parte de uma servidora do Poder Legislativo, sem a devida contraprestação do trabalho, pois a mesma, ainda que lotada em Palmas, exercia suas atividades na cidade de Araguaína.

O caso, conforme o delegado-chefe da 3ª DEIC, Fernando Rizério Jayme, tramita sob sigilo e o período que está sendo investigado refere-se aos anos 2018 e 2019, ocasião em que a servidora residia em Araguaína.

O Delegado ressalta que várias ações têm sido desenvolvidas para o combate desse tipo de crime. Ele frisa que são crimes graves, que afetam diretamente toda a população com o desvio ilícito de dinheiro proveniente dos cofres públicos e que poderia estar sendo utilizado em benefício da população.

Fernando Rizério assinala que investigações nesse tipo de crime, em geral, tem indicado também a possibilidade da existência de falsidade ideológica e até mesmo associação criminosa, tipificações que dependem do resultado das investigações.

“Na ação promovida hoje foram encontrados alguns indícios e elementos que colaborarão com a apuração dos fatos”, finalizou o Delegado.

 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.