TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Polícia Civil Cumpre Mandado De Internação De Menor Infrator Que Participou De Roubo Em Paraíso

Data do post: 12/08/2020 17:17:05 - Visualizações: (255) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOIndivíduo foi apreendido após investigações da Polícia Civil do Tocantins.

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio do 62ª Delegacia de Paraíso, cumpriu na manhã desta quarta-feira, 12, naquela cidade, mandado de internação de um homem de 18 anos de idade, o qual é, supostamente, envolvido com a prática de roubo

De acordo com o delegado Lucas Kertsz, que é responsável pelo caso, o rapaz, que recentemente completou 18 anos, participou de um roubo em novembro de 2019 em um estabelecimento comercial do município.  Durante o ato, ele estava acompanhado por outros três indivíduos, sendo dois maiores e um menor, os quais já foram capturados, através de outras ações da Polícia Civil, em Paraíso.

Ainda segundo a autoridade policial, após algumas semanas de investigações, o caso foi totalmente desvendado, bem como todos os autores identificados. Com base nas investigações, os policiais civis conseguiram localizar o paradeiro do jovem, que se encontrava no setor Serrano II, onde foi abordado e preso pela Polícia Civil.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o investigado foi recolhido ao Centro de Internação para Menores (CEIP), de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. Para o delegado Lucas Kertesz a ação realizada pela Polícia Civil nesta quarta-feira é muito importante, pois encerra o procedimento com a captura do último envolvido do delito.

 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.