TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Polícia Civil Conclui Investigações e Indicia Dois Suspeitos Por Roubos De Motocicletas Em Palmas

Data do post: 10/08/2020 20:14:12 - Visualizações: (201) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOHomens presos já possuem várias passagens pela Polícia por crime diversos.

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), concluiu nesta sexta-feira, 7,  inquéritos policiais que apuravam crimes de roubos de motocicletas na Cidade de Palmas. De acordo com o delegado Anderson Casé, responsável pelos casos, dois homens com idades de 19 e 20 anos foram indiciados por diversos roubos em concurso de agentes e emprego de arma de fogo a motocicletas na cidade de Palmas.

Ainda de acordo com a autoridade policial, equipes da Unidade Policial Especializada realizavam diligências nesta sexta-feira, 7, para cumprir os mandados de prisão preventiva, expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Palmas, contra os dois indivíduos mencionados, quando receberam informações de que a Polícia Militar havia efetuado a prisão deles, que estavam com uma motocicleta e aparelhos celulares, fruto de roubos a outras vítimas.

Dessa maneira, os suspeitos foram encaminhados à 2ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Taquaralto, onde foram autuados. Na oportunidade também foi dado cumprimento aos dois mandados de prisão preventiva em desfavor dos dois homens. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, ambos foram recolhidos à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.