TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

PM Prende Em Palmas Foragido da Justiça Considerado Uma Das Principais Lideranças de Facção Criminosa do Acre

Data do post: 12/07/2020 20:39:47 - Visualizações: (240) Imprimir

PM-TOA Polícia Militar do Estado do Tocantins, através do Comando de Operações Especiais (COE), da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE), na manhã deste sábado, 11, fez a prisão de foragido da justiça após realizar abordagem na rodovia que liga Palmas a Lajeado. Na ação foram apreendidos mais de 3.000,00 reais em espécie, aparelhos celulares e documentação falsa. A equipe da PM recebeu informações oriundas da Agencia Brasileira de Inteligência (Abin), da possibilidade de um foragido da justiça do Estado do Acre transitando pelo Estado do Tocantins, reconhecido como principal liderança de facção criminosa, respondendo pelos crimes de latrocínio, roubo e tráfico internacional de armas e drogas.

Na manhã deste sábado, 11, a equipe do COE abordou uma hilux vermelha, placa QEW-1380, Redenção-PA, na saída de Palmas-TO rumo a Lajeado-TO, na rodovia TO-010, onde havia no veículo cinco ocupantes, sendo dois homens, uma mulher e duas crianças. O suspeito apresentou uma documentação falsa (CNH) com sua foto, e nome falso. Diante dos documentos, foi realizada comparação das tatuagens do suspeito com as fotos e informações recebidasda Abin, onde constatou tratar-se do foragido. O proprietário da camionete hilux estava no veículo e dava apoio no deslocamento, bem como a esposa do foragido e dois filhos. Havia ainda nos pertences quatro aparelhos celulares bloqueados e 3.381,55 reais em espécie. O foragido da justiça, as pessoas que o acompanhavam e todo material apreendido foram conduzidos e entregues na Delegacia (Central de Flagrantes Centro) de Palmas-TO para as providências legais.

Informações adicionais:

O foragido, vulgo “Tati”, é integrante da facção criminosa Comando Vermelho (CV), e conhecido por ter liderado o Conselho do Juruá, um braço do CV no estado do Acre, sendo responsável por controlar a rota de tráfico de entorpecentes e de armas na região do Vale do Rio Juruá, a principal rota no Acre. O foragido participou de um latrocínio que vitimou um policial militar no município de Cruzeiro do Sul em 2014. Por este crime foi preso e condenado a aproximadamente 26 anos de prisão. Em 2018, fugiu do Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco, e retornou para a fronteira como membro do conselho do Juruá. Em setembro de 2018 ascendeu ao cargo de presidente do conselho do Juruá e permaneceu comandando a dinâmica da facção na região até setembro de 2019, quando ascendeu à conselheiro do quadro final do estado. Desde então, é considerado uma das principais lideranças do CV no Acre. Possui mandado de prisão nº 0007276-82.2017.8.01.0002 expedido pela Vara de Execuções Penais da Comarca de Rio Branco em dezembro de 2018. 

 

Fonte: PM-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.