TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Edição do Projeto Feira Segura Será Realizada em Paraíso Nesta Quarta Feira

Data do post: 01/06/2020 16:01:15 - Visualizações: (281) Imprimir

Imprensa SebraeApoiado pelo Sebrae, o projeto realizou feiras em Gurupi, Dianópolis e Porto Nacional no mês de maio.

Mais uma edição do projeto Feira Segura será realizada nesta quarta-feira, 3. Desta vez, a feira acontecerá no município de Paraíso, a partir das 14 horas, na Feira Joaquim Júlio Peixoto. O objetivo do projeto é viabilizar o escoamento da produção agropecuária para garantir o abastecimento de alimentos à população, atendendo as normas de segurança e higiene. Com apoio do Sebrae Tocantins, a iniciativa é realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/TO) e a Confederação Nacional da Agricultura (CNA).

Além das orientações sobre higiene e manipulação adequada dos alimentos em oficinas que antecedem as feiras, os feirantes recebem um kit com avental, toucas, luvas, máscaras, embalagens e álcool em gel para trabalharem com maior segurança. Na entrada das feiras também são disponibilizados aos visitantes o álcool em gel e máscaras de tecidos higienizadas. O projeto Feira Segura já foi realizado em Dianópolis, Gurupi e Porto Nacional.

“O Sebrae apoia iniciativas como a Feira Segura, seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para evitar o contágio por coronavírus. É mais uma oportunidade de garantir que os alimentos cheguem com segurança à população tocantinense, além de estimular os produtores rurais que estão com dificuldades para vender a produção”, destacou o superintendente do Sebrae, Moisés Gomes. 

Acesse: https://bit.ly/2XI5Z08

 

Fonte: Imprensa Sebrae

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.