TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Polícia Militar Prende Dois Homens Por Tráfico de Entorpecentes e Mais Um Por Cumprimento de Mandado Judicial

Data do post: 11/07/2019 13:51:05 - Visualizações: (423) Imprimir

Ascom 2° BPMCinco homens estavam em atitudes muito suspeitas na região da Feirinha. Na abordagem, dois deles foram flagrados de posse de drogas embaladas prontas para a venda, balança de precisão e muito dinheiro. E em relação ao outro homem, foi constatado que tinha mandado de prisão em aberto contra ele por questão de assalto. Foram presos imediatamente e dois autuados por tráfico e um proso em cumprimento de ordem judicial.

O fato aconteceu às 14h40 desta quarta-feira, 10, na Rua do Amor, na região da Feirinha, em Araguaína-TO, de onde grupamentos do Tático Motos, Rádio Patrulha e Seção de Inteligência da Polícia Militar realizavam patrulhamento quando se depararam com um grupo de cinco homens em atitudes muito suspeitas.

Na abordagem, foi constatado que dois desses abordados, homens de 29 e 49 anos, se encontravam portando produtos entorpecentes e de origem duvidosa, tais como: 02 papelotes com pedras de crack, 03 saquinhos plásticos com cocaína, 05 porções de maconha embaladas prontas para vendas, 01 balança de precisão, 01 corrente dourada, 02 aparelhos celulares e R$ 1.052,00 em dinheiro trocado. Foi encontrado também um mandado de prisão em aberto contra outro dos abordados, este de 20 anos.

A Polícia Militar deu voz de prisão para os três homens os quais foram conduzidos para a DP de Plantão, onde os de 29 e 49 anos foram devidamente autuados por tráfico de entorpecentes e o de 20 anos foi preso em cumprimento do referido mandado de prisão devido a prática de roubo.

Fonte: Ascom 2° BPM

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.