TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Polícia Civil Recupera em Goiânia Celular Furtado em Paraíso do Tocantins

Data do post: 13/03/2020 17:25:09 - Visualizações: (251) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TO A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 63ª Delegacia de Paraíso, recuperou nesta sexta-feira, 13, um aparelho celular, que havia sido furtado durante a realização de uma festa no mês de junho de 2019, na cidade. 

De acordo com o delegado José Lucas Melo, responsável pelo caso, as investigações apontaram que o objeto fora subtraído de seu proprietário durante a festa, conhecida como Camarote Remo, em 09/06/2019 e que o produto havia sido levado para Goiânia. 

Desse modo, às informações foram repassadas à equipe da 13ª Delegacia de Polícia Civil da capital goiana que, sob a chefia do delegado Anderson Penha, recuperou o produto. A pessoa que estava com o bem, uma mulher de 22 anos, teve lavrado em seu desfavor um termo circunstanciado de ocorrência (por ter adquirido o produto em circunstâncias que permitiam presumir ter origem ilícita).

Agora, o bem (avaliado em R$ 1.000,00) será restituído ao legítimo proprietário.  A Polícia Civil reitera o compromisso com a sociedade em reprimir a criminalidade e recomenda o cidadão que não adquira qualquer produto do qual não tenha informações sobre sua procedência, uma vez que poderá incorrer na prática de um delito.

O delegado José Lucas ressalta que, somente no ano de 2020, ações de cooperação entre as polícias civis do Tocantins e de Goiás já resultaram na recuperação de inúmeros bens furtados e roubados no Estado.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.