Polícia Militar Prende Homem Idoso Por Tentativa de Homicídio

Data do post: 19/10/2019 22:32:37 - Visualizações: 1316

Ascom 2° BPMOs envolvidos na ocorrência se encontravam ingerindo bebidas alcoólicas quando ocorreu um desentendimento entre o infrator da lei idoso e um homem de 25 anos estimulados pela embriaguez, ocasião em que o idoso sacou uma faca e desferiu um golpe na lateral esquerda do abdômen do homem vitimado.

A mulher vitimada tentou intervir e também recebeu um golpe de faca do idoso na altura do peito. Em seguida, o idoso retirou-se do local.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu localizá-lo deitado em uma rede no quintal de sua casa. Ele se encontrava sujo de sangue e com ferimentos na cabeça ocasionados durante o desentendimento que teve com as vítimas. Foi preso e autuado por tentativa de homicídio.

O fato aconteceu às 22h07 desta sexta-feira, 18, na Rua das Flores, Povoado Água Amarela, em Araguaína-TO, onde a mulher vitimada de 36 anos informou que os envolvidos na ocorrência encontravam-se no local ingerindo bebidas alcoólicas quando o infrator da lei (idoso de 61 anos) e o homem vitimado de 25 anos se desentenderam, momento em que o idoso sacou uma faca e desferiu um golpe no homem de 25 anos, fazendo um corte profundo na lateral esquerda do abdômen deste. Nessa ocasião, ainda segundo a mulher vitimada, ela tentou intervir na confusão e também sofreu um golpe do idoso com a mesma faca na altura do peito do lado esquerdo.

O SAMU foi acionado e conduziu ambas as vítimas para o HRA onde ficaram sob cuidados médicos. A Polícia Militar realizou diligências e localizou o idoso acusado deitado em uma rede no quintal de sua residência, a qual fica próxima ao local do ocorrido. Ele apresentava sintomas de embriaguez, estava sujo de sangue e com um corte na parte superior cabeça e outro atrás da orelha esquerda frutos do desentendimento com as vítimas. A Polícia Militar deu-lhe voz de prisão e o conduziu para a DP de Plantão onde foi devidamente autuado por tentativa de homicídio simples.

 



Fonte: Tenente Coronel Clégio Valadares – Ascom/2º BPM